domingo, 17 de junho de 2012

Vamos pra aula?

Minha pequnina linda,

Eu sei que tô mais do que sumida. É que muita coisa anda acontecendo por aqui. Não estou tendo muito tempo e nem pique pra ligar o computador, então nossas postagens andam cada vez mais distantes. Então vou me lembrando devagarzinho e escrevendo aqui o que de mais importante nós temos vivido.

É claro que seu primeiro dia de aula vale um post mais do que especial. Então vamos lá né?!

Foi no dia 19 de Abril de 2012,olha a gente aí se preparando pra sair de casa.


Já na sua escola, após uma longa e prazerosa conversa com a Margarete, a diretora, nós finalmente fomos conhecer sua professora. Tia Lú nos recebeu com muito carinho e logo foi me contando como para algumas crianças é difícil o processo de adaptação. Mas que a escola tem um compromisso de respeitar o tempo de cada criança e por isso eu precisei me dedicar quase 3 semanas nesse processo.

Como descrevi no post anterior a creche é linda, cheia de brinquedos e uma área bem ampla, tem um quartinho gostoso e uma cozinha separada para as refeições. Tudo muito arejado e aconchegante. Espero mesmo que vc goste desse lugar que a mamãe escolheu com tanto carinho e cuidado. Peço a Deus que te guarde e cuide de cada momento que vc estiver aqui.




Seu primeiro dia foi um pouco desanimador. É claro que o chororô foi inevitável. Minha linda, vc simplesmente não vai com ninguém, nem mesmo os amigos da igreja que vc vê toda semana. Não dava pra esperar outra coisa além do belo choro quando a tia Lú te pegou no meu colo. O pior é que eu não posso entrar na sala com vc. Esse é uma etapa que vc tem que conquistar sozinha, mas aos poucos nós vamos vencendo as dificuldades.

Olha que carinha mais desconsolada...


Foram 3 tentativas de quase 10 min apenas. E claro, quando vc me via só abria mais ainda o berreiro, hehehe



Após cada tentativa, um passeio pela escola. Eu fui te mostrando todas as novidades daquele lugar encantador. No meu colo tudo era festa, muita novidade, cores, sons...




Nós fomos muito bem recebidas por todos os funcionários da escola, ficamos por lá a tarde toda. Mais uma tentativa, agora com a tia Taiana. Bom, não tivemos muito sucesso, mas é assim mesmo....



Então vamos pra casa né pequena? O dia foi cheio de mais...


Já no dia seguinte, tivemos um grande progresso, v ficou quase uma hora na salinha. No outro dia, duas horas. E assim foi ficando cada vez mais fácil pra vc. Eu fiquei a semana toda na escola esperando vc. A sua maior dificuldade foi o sono. Vc simplesmente não aceitava dormir com as tias. Mas tudo foi tratado com muita naturalidade. Aos poucos, quando vc foi conhecendo as tias e o lugar, foi ficando melhor. 

Já na segunda semana de adaptação sua tia pediu pra que eu saísse da escola, fosse no shopping, no salão, em algum lugar, mas era pra eu sair da escola. Nossa, esse dia foi o mais difícil pra mim, pq eu estava lá, mesmo vc não me vendo, qualquer coisa eu estava lá. Te deixar foi terrível, saí quase chorando. A professora me explicou que a adaptação não era só sua, que eu precisaria aprender a te deixar na escola. Então, como vc pode ver, não foi difícil só pra vc. Mas aos poucos nós duas fomos confiando cada vez mais na escola e finalmente conseguimos ficar a tarde toda. É claro que até hoje eu ainda ligo do meu trabalho só pra saber como vc está. Meu coração fica ligado em vc o tempo todo. Quando chega a hora de te busca eu quase enlouqueço. Dá vontade de sair voando por cima de todos os carros e te abraçar e te beijar e te apertar e te dizer o quanto eu te amo e o quanto eu fiquei morrendo de saudades. Eu te amo d+ minha florzinha. Graças a Deus mais uma etapa vencida. Parabéns, vc é uma menina forte e guerreira. Uma menina de personalidade e que sabe o que quer, mas ao mesmo tempo um dengo gostoso e um chamego só... Pietra, meu presente de Deus, meu orgulho, minha vida, minha filha querida. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário