quarta-feira, 13 de julho de 2011

Meu presente

Oi Filhinha,


Esses são meus últimos post grávida. Agora está cada dia mais perto da sua chegada. Hoje é dia 13/07/2011 e eu já estou com quase 38 semanas. A Dra Ana Luiza disse que o parto pode ser realizado na semana que vem. Eu tenho uma consulta na segunda dia 18 e dependendo de como estiver meu líquido amniótico ela deve adiantar o parto e fazer na terça, dia 19. Mas se tudo estiver bem, nós estamos programando para o dia 24/07/2011 no domingo. Não sei se vc espera até o dia 24, as vezes acho que vc deve vir antes disso. Estou sentindo algumas contrações e os incômodos dos últimos dias estão cada vez maiores. Não consigo mais dormir, minhas noites estão cada vez mais compridas. Levanto para ir ao banheiro e para beber água pelo menos umas 2 ou 3 vezes por noite. As pessoas dizem que meu organismo já está treinando para sua chegada, já que é normal um recém nascido chorar a madrugada toda. Espero que vc seja boazinha e que não tenha tantas cólicas. Eu ainda estou trabalhando, mas nem um pouco disposta para isso. Estou inchando bastante os pés e as mãos, apesar da drenagem linfática que estou fazendo pra ver se ajuda. Não quero mais trabalhar esses dias, to muito cansada. Vou ver se consigo um atestado com minha médica amanhã. Não escrevi muito esses dias, é por causa dessa indisposição do último semestre. Prometo ir escrevendo aos poucos pra não deixar passar nada de importante que aconteceu com a gente.

Hoje pela manhã, enquanto vínhamos para o trabalho, eu conversava com seu pai sobre a sua chegada. Claro que estou super feliz por estar tão perto do seu nascimento. Mas meus sentimentos estão como um caldeirão, borbulhando a mil por hora. Confesso que estou com muito medo do parto. Tenho medo de acontecer alguma coisa com a gente. Querida, saiba que se acontecer alguma coisa comigo eu te amo muito e seu que seu pai cuidará muito bem de vc. Mas além desses medos bobos que a gente sente, tem um monte de coisas passando pela minha cabeça. Hora minha auto-estima está lá embaixo, me sinto gorda e sem graça, tô parecendo uma pata andando pra lá e pra cá! Hehehe Mas no dia seguinte me acho a grávida mais linda do mundo, minha barriga está enorme e linda. Estou radiante e tudo parece perfeito. Tá vendo quanto loucura pode passar uma grávida???? Hehehe. Então, hoje eu estava falando pro seu pai que eu estou tão feliz por estar grávida, que esses 9 meses passaram tão rápidos e que apesar de estar tão feliz pela sua chegada, eu estou triste por esse tempo estar chegando ao fim. Estar grávida foi uma experiência incrível e intensa, mas já está acabando. Eu queria continuar grávida mais um pouco, pra aproveitar mais esse tempo. Não sei explicar muito bem isso, mas acho que é o que os psicólogos chamam de luto da barriga. É essa saudade de estar grávida, saudade de sentir vc mexendo na minha barriga. Essa sensação é única, nada pode substituí-la ou imitá-la. Saber que nunca mais vou sentir vc de novo aqui dentro é difícil. Nunca mais vou ouvir seu coração dentro de mim. É engraçada essa sensação. Acho que vou entender bem o tal luto da barriga.

O que contribui para todas esses sentimentos tão diferentes é na verdade o medo do desconhecido. Medo de como a nossa vida vai mudar com a sua chegada. Medo de não conseguir cuidar bem de vc. Medo das dores que vou sentir, e serão muitas. Por falar nisso não sei se tenho mais medo dos pontos da cesariana ou da dor das primeiras mamadas. Existem mulheres que tem experiências muito dolorosas com a amamentação. Na verdade, todo mundo tem uma história triste pra te contar sobre parto e amamentação. O que acaba dando mais medo de tudo que estar por vir.

Minha atitude agora é aproveitar esses últimos dias em que eu estou grávida e bela. Tenho colocado todos os meus anseios e medos nas mãos do Senhor. Peço que Ele de dê saúde e me dê a oportunidade de criar vc, pegá-la em meus braços, sentir seu cheiro, ouvir teu chorinho, tocar sua pele, ver vc crescendo a cada dia diante dos meus olhos, contemplando o milagre da vida. Aliás, já te falei que vc é um milagre? É sim! O milagre da vida em minha vida.
Filhinha, não fique com medo, apesar de tudo eu sei no fundo do meu coração que vai dar tudo certo e que nós seremos uma família maravilhosa nas mãos do Senhor. Ele está cuidando de nós tá? Vai ficar tudo bem, eu prometo!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário