quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

De repente 30

Oi minha linda,

Não é que histórias de contos de fada se realizam mesmo? Pois é, aconteceu comigo. Vc acredita que esses dias eu tinha 13 anos e agora acordei com 30?!?! Não sei nem te dizer como isso aconteceu, mas estou eu aqui na frente do espelho me arrumando e percebo que é meu aniversário de 30 anos. 



A foto que tenho mais próxima de 13 anos é essa. Foi no aniversário de 1 aninho do Joab. Como ele estava fofo nessa foto!!! Te amo de mais irmãozinho. 


Tanta coisa aconteceu depois disso. Olhando minha jornada de vida, não posso deixar de me considerar uma vencedora. Aos 14 anos eu já estava morando sozinha, tive alguns momentos de solidão, muitos momentos de aperto financeiro, incontáveis momentos que desfrutei do amor de Deus, através da vida de tantas pessoas que passaram e ficaram na minha vida. Foram experiencias que fizeram de mim o que sou hoje. Sem dúvida hoje eu seria diferente se tivesse derramando menos lágrimas durante essa jornada. Deus sabia disso e providenciou todos os pontos de consolo que eu iria precisar. Foram muitas descobertas, muitos desafios, muitas frustrações, mas foram inúmeras alegrias. 

O tempo sozinha me fez crescer. Nesse tempo sempre estive rodeada do carinho e cuidado do Valber, da Magally e como não poderia deixar de dizer, do tio Valdir e da tia Damázia. Depois o pouco tempo com minha tia Flúvia. Que tempo gostoso!!! Que família maravilhosa! Pouco tempo que deixou saudades. Depois foi o encontro com seu pai, um namoro com a velocidade da luz. Nos encontramos no momento certo de nossas vidas. Nos identificamos, nos admiramos, nos completamos. Rápidos 10 meses e o casamento simples como nossa vida. Dias de muita dificuldade em Brasília, uma terra nova, sem amigos. Me senti só por algumas vezes. Mas Deus sempre cuidando de mim. Logo fizemos bons e eternos amigos. 

Depois de muito tempo no vale, hora de subir a montanha. Tudo começou a dar certo na minha vida, absolutamente tudo estava sempre perfeito. O término da faculdade foi um desses grandes marcos, um desafio vencido, a prova do triunfo depois de tanta dificuldade. Dessa vez meu pai estava festa. Foi bom tê-lo na minha formatura. Gostaria que ele estivesse presente em mais momentos da minha vida. Depois da formatura veio o caminho do sucesso. O reconhecimento profissional foi uma  das maiores conquistas. Finalmente eu tinha um rumo na vida, uma direção, uma profissão. E eu sabia exatamente o que deveria ser feito, estava segura, firme, decidida. Depois de tanta insegurança e incerteza profissional, finalmente eu me encontrei. Não que eu tenha chegado topo, mas agora eu tenho certeza do caminho. 

Então chegou o momento de colher tudo aquilo que plantamos, desfrutar um pouco daquilo que suamos para conseguir. Nossa primeira viajem internacional, uma segunda lua de mel. Momentos inesquecíveis, guardados para sempre em um lugar bem especial do meu coração. Nossa lua de mel e despedida da vida a dois. A partir daquele momento, nunca mais seriamos só nós dois na vida. 

Então chegou você. Primeiro uma notícia maravilhosa, depois um medo incontrolável, mas nada comparado ao amor sublime que jamais imaginei que existiria. Eu amei tanto na minha vida. Conheci tantos pessoas amáveis e eternas na minha vida. Mas nada jamais poderá se comparar ao amor materno. Meu Deus que dádiva maravilhosa, poder ser mãe. Será que existe presente maior na vida depois da salvação? Mesmo que eu precisasse reescrever todo esse blog e usar todas as palavras do universo, mesmo assim não conseguiria definir o que é ser mãe. 

Veja como de repente, eu estou com 30 anos. Uma mulher realizada, com um casamento sólido e feliz, um marido encantador, provedor, cuidador, um homem precioso como o diamante, um bom marido, um pai dedicado, um homem vencedor. Esse homem maravilhoso segurando no colo a bebezinha mais linda que meus olhos já viram. Meus amores, meus grandes amores. 


Então estou aqui de novo com um bebê no colo. Agora com 30 anos e minha filha linda. 


Definitivamente não dá pra desejar outra vida, pq tudo o que passei me trouxe até vc. E eu faria tudo de novo apenas para poder segurar vc nos meus braços, contemplar seu sorriso, segurar suas mãos, beijar os seus pés, fazer cócegas na sua barriga e te dizer todos os dias que eu te amo do tanto do universo. 


Então vamos comemorar? Claro que sim! Com amigos mais chegados que irmãos....




Obrigada meu Deus por todos os dias da minha vida, pois as suas misericórdias se renovaram a cada manhã e os meus dias se prolongaram em tua presença. Obrigada pelo meus amigos e familiares, por meu marido lindo, por minha filha maravilhosa e pelos meus 30 anos bem vividos.


Um comentário:

  1. ai que lindo, bem vinda ao clube dos 30 amiga! Realmente passa rápido demais. Que venham mais 30, e mais 30 e...

    ResponderExcluir