quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Quem foi que disse que anjos tem asas?

Oi minha lindinha,


Hoje eu estou aqui para de dizer que anjos nem sempre tem asas. Esses anjos são mais que especias e estão por toda parte. Feliz a pessoa que consegue reconhecê-los e abençoado o caminho de quem cruza os passos com esses anjos. Suas mãos são fortes e capazes de suportar as mais duras lições de vida, mas seus corações são doces como algodão doce, que se derrete ao ver um única lágrima. Esses anjos possuem pés calejados do caminho árduo, mas esses mesmos pés não vacilam diante de alguma dificuldade. Esses anjos são capazes de andar uma milha apenas para te acompanhar no caminho e não se recusará em anda-la de novo se vc pedir com carinho. Os seus olhos são brilhantes como o diamante e atentos a qualquer circunstância . Seus cabelos são dourados como os raios de sol e iluminam o mais escuro dos ambientes, por isso não precisa ter medo, se algum desses anjos estiver por perto, tudo ficará bem. Suas mãos são tão fortes que são capazes de suportar uma tonelada de problemas, mas o carinho feito com essas mãos é suave como a brisa da manhã. Feliz o que recebe um abraço desses anjos, pois é reconfortante e revigora qualquer alma cansada. Não é preciso nenhuma palavra, basta um único abraço desses anjos para trocar tanta tristeza, cansaço, dor e medo por uma alivio sem fim. Depois desse abraço vc será capaz de carregar o mundo nas costas. Mas o que mais me impressiona nesses anjos é o companheirismo, essa capacidade incrível de afastar a solidão apenas por estar por perto. Saber que temos um desses anjos por perto é uma dádiva de Deus, um presente que temos que valorizar e guardar no fundo do coração. Essa classe de anjos chama-se AMIGOS. 

Filhinha, nós tivemos a graça de encontrar um desses anjos pelo nosso caminho, esse anjo cruzou as nossas vidas sem nenhuma pretensão, quase sem querer, tão discreta que quase passa desapercebida. Mas o amor de Deus com a gente foi tão grande que não deixou esse anjo passar por nós sem nos marcar para sempre. Foi um anjo que veio cuidar de nós duas no momento mais especial da minha vida. Só um anjo mesmo seria capaz de largar a sua casa, sua família, seus afazeres, para cuidar de duas mulheres frágeis em um quarto de hospital. Sua tia Gizele foi o anjo enviado por Deus para cuidar de mim e da pessoa mais preciosa da minha vida. Minha filhinha, nada nesse mundo seria suficiente para agradecer tudo que essa amiga tão especial fez por nós. Foram tantos sorrisos e lágrimas compartilhadas naquele quarto de hospital. Tanta dor e tanta alegria juntas ao mesmo tempo. Uma dor física e uma alegria da alma. Tudo misturado com atenção, força e solidariedade. Jamais esquecerei aquele abraço sem palavras que recebi enquanto as lágrimas da dor da amamentação rolavam pelo meu rosto. Foram momentos que eu não suportaria passar sozinha e que estão registrados para sempre na minha história de vida. Eu não sei como agradecer a Deus por mais esse cuidado com a gente. Eu só posso dizer: "Obrigada Amiga, obrigada. Que Deus te recompense em dobro tudo que vc fez por mim e por minha filhinha."




"Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir.
Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.
Amigo a gente sente!

Benditos os que sofrem por amigos, os que falam com o olhar.
Porque amigo não se cala, não questiona, nem se rende.
Amigo a gente entende!

Benditos os que guardam amigos, os que entregam o ombro pra chorar.
Porque amigo sofre e chora.
Amigo não tem hora pra consolar!

Benditos sejam os amigos que acreditam na tua verdade ou te apontam a realidade.
Porque amigo é a direção.
Amigo é a base quando falta o chão!

Benditos sejam todos os amigos de raízes, verdadeiros.
Porque amigos são herdeiros da real sagacidade.
Ter amigos é a melhor cumplicidade!

Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho,
Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!"

Machado de Assim








"Procura-se um amigo para gostar dos mesmos gostos, que se comova quando
chamado de amigo. Que saiba conversar de coisas simples, de orvalhos, de
grandes chuvas e das recordações da infância.
Preciso de um amigo para não enlouquecer, para contar o que vi de belo e triste
durante o dia, dos anseios e das realizações, dos sonhos e da realidade.
Deve gostar de ruas desertas, de poças d´água e de caminhos molhados, de beira de estrada, de mato depois da chuva, de se deitar no capim. Preciso de um amigo que diga que vale a pena viver, não porque a vida é bela, mas porque já tenho um amigo.
Preciso de um amigo para parar de chorar. Para não viver debruçado no passado em busca de memórias perdidas.
Que bata nos ombros sorrindo e chorando, mas que me chame de amigo, para que eu tenha a consciência de que ainda vivo"
Vinícios de Morais

Nenhum comentário:

Postar um comentário